sexta-feira, 10 de junho de 2011




Engula a saudade, a vontade e o desejo. Preencha o tempo que estava reservado para o romance com uma ida ao cinema, um vinho com as amigas ou, ainda, na frente da TV e uma bandeja de japonês. Finja que não tinha planos, que o programado nunca existiu, e vai ver não existiu mesmo. Conta para o espelho tudo aquilo que você gostaria de dizer pra ele: as banalidades da semana; o stress do trabalho; a amiga que veio de longe e a fez tomar um porre em plena quinta-feira; a ansiedade para começar no trabalho novo. Então, mais uma vez, engula a saudade, a vontade e o desejo.

Um comentário:

  1. Parabéns pelo estilo e pelas idéias. Fascinante!

    ResponderExcluir